Lázaro Redivivo

por Valdenir em . Publicado em Crônicas - Humberto Campos.

Humberto - LÁZARO REDIVIVO (1)A vida fútil, de aparências, de frieza, está presente junto à nós, disfarçada pela nossa hipocrisia e mascarada por uma suposta humildade. Quando colocamos o ser humano abaixo das convenções sociais e religiosas, desprezando ou ignorando de alguma forma o irmão que se nos apresenta, é sinal que estamos bem próximos de sermos os “sepulcros caiados” a que o Cristo se referiu.

Necessário é que sejamos inundados pela luz do conhecimento e absorvamos os ensinamentos do Cristo para que vivamos uma vida que não seja de aparências, mas sim de sentimentos verdadeiros.

Nesta crônica de Humberto de Campos vemos o exemplo real de como o fanatismo religioso ofusca o verdadeiro sentido da religião e leva o ser humano a julgamentos e ações indignas e maléficas. Mesmo assim, a Misericórdia Divina se faz presente em todos os lugares para consolar e dar bom ânimo aos que escolheram o caminho do Cristianismo.

Centro Espírita Vinhas do Senhor

Pouso Alegre/MG, 19 de junho de 2015

Uma falsa noção de humildade

por Valdenir em . Publicado em Orson Peter Carrara.

uma falsa noção de humildadeOrson Peter Carrara

Trago aos leitores página preciosa do estudioso Deolindo Amorim (1906 – 1984), que foi jornalista, sociólogo, publicitário e escritor, nascido na Bahia. Pelo oportunismo do texto, bem adequado aos dias que vivemos, onde muitos nos escondemos em diferentes máscaras e diante da crise moral que se abate sobre o país, sempre é bom refletir sobre essas questões. Peço ao leitor atenta leitura, embora a transcrição abaixo seja parcial:

Consenso e Verdade

por Valdenir em . Publicado em Orson Peter Carrara.

Orson - Kardec

 – Orson Peter Carrara –

A sábia e conhecida advertência do Espírito Erasto, constante de O Livro dos Médiuns (1), de que “(…) vale mais repelir dez verdades do que admitir uma só mentira, uma só falsa teoria (…)”, é bem um convite ao bom senso que caracterizou a personalidade de Kardec e que deve ser o norteador de passos e iniciativas do movimento espírita.

A orientação vem bem a propósito diante de novidades ou propostas que se fazem insinuantes e tentam modificar a clareza com que a Doutrina Espírita se apresenta, com a introdução de práticas estranhas e alheias ao pensamento espírita, ainda que com seus valores e méritos. O critério para aceitar ou rejeitar é simples. A receita foi utilizada pelo próprio Codificador. É o princípio da universalidade dos ensinos, do consenso universal. Isso significa que os ensinos recebidos, as propostas ou novidades apresentadas devem submeter-se, rigorosamente, à concordância de transmissão e aceitação em todos os lugares, simultaneamente, e por pessoas desconhecidas entre si.

Os demônios do Homem…

por Valdenir em . Publicado em Cotidiano - Wellington Balbo.

Wellington - Os demônios do Homem

Wellington Balbo – Salvador BA

 Nas atividades como docente era muito comum escutar dos pais nas reuniões: Meu filho é bom, pena que está em má companhia.

Esqueciam de uma observação de Jesus: Diga com quem andas que direi quem és.

Entretanto,  esses pais nada fazem diferente do que todos nós fazemos há milênios:

Criar culpados para nossas desditas.

O ser humano ao longo da sua jornada evolutiva teve e continua tendo a necessidade de produzir demônios, fantasmas ou criaturas que vem para tirá-lo do caminho reto.

Crença ou conhecimento da tentação

por Valdenir em . Publicado em Palestras – Anete Guimarães.

O conhecimento liberta. Anete Guimarães nos oferece mais uma vez uma palestra rica em novos conhecimentos, com informações concretas e importantes para entendermos mais sobre nós mesmos.
Transmitido ao vivo em 1 de junho de 2015

Palestra pública no Centro Espírita A Caminho da Luz.
www.centroacaminhodaluz.com.br
Palestrante: Anete Guimarães
Palestra Espírita – Tema: Crença ou conhecimento da tentação
Data: 01/05/2015 – 19hs

Libido sublimada? Como assim?

por Valdenir em . Publicado em Orson Peter Carrara.

Orson - Libido

Orson Peter Carrara

            O título que talvez o leitor estranhe foi o título da palestra proferida pelo médico Alexandre Perez, de Marília-SP, autor do livro Desafios da Sexualidade (editora EME), que tive oportunidade de ouvir e aprender um tanto mais sobre a temática. A obra foi lançada no evento.

O livro trata da história da libido e suas expressões, aborda vivência sexual, sexualidade infantil e adulta, dificuldades da adolescência, namoro, noivado, casamento, separação. Mas também faz considerações sobre distúrbios do desejo, homossexualidade, adentrando também em temas de difícil abordagem, como masturbação, infidelidade, promiscuidade, entre outros.

CAMPEONATO DE MALDADES

por Valdenir em . Publicado em Richard Simonetti.

Richard - CAMPEONATO DE MALDADES

Richard Simonetti

Extraído do Livro.: A Saúde da Alma – CEAC Editora

            – Parem o Mundo que quero descer! – dizia um amigo, horrorizado com o panorama desolador da atualidade em que, aparentemente, gênios das trevas abriram uma caixa de iniquidades para torturar a nós outros, pobres mortais.

Filhos que matam pais.

Pais que agridem filhos.

Homens que se vestem de bombas para dizimar inocentes.

Traficantes que viciam incautos para ampliar a freguesia.

Políticos que atuam como aves de rapina sobre o erário.

Sequestradores que apavoram famílias para extorquir-lhes dinheiro.

Assaltantes que não vacilam em matar.

Promiscuidade sexual, promovendo a dissolução dos costumes e a disseminação de enfermidades.

Adultério banalizado, sugerindo normalidade.

Práticas abortivas amparadas por leis equivocadas.

Alguém dirá que ocorrências dessa natureza sempre existiram e que, com a população da Terra chegando aos sete bilhões de habitantes, tendem a ser muito mais numerosas.

Sim, mas nunca nessa proporção. É como se as pessoas estivessem disputando um campeonato de maldades, a ver quem pratica a atrocidade mais chocante.

Sou cristão, posso tecer críticas aos políticos?

por Valdenir em . Publicado em Cotidiano - Wellington Balbo.

Wellington - PlanaltoWellington Balbo – Salvador BA.

 

Um assunto espinhoso é a chamada crítica.

Quem gosta de recebê-la? Ainda não ouvi quem goste, embora alguns já amadurecidos consigam filtrar e extrair pontos positivos sem se deixar abalar.

Emmanuel disse a Chico Xavier certa vez: Se as críticas são verdadeiras não reclame, se não são, nada de ligar para elas.

Boa orientação, mas para saber aplicá-la é preciso um tanto de sangue frio, de razão, de analisar a questão como se estivesse de fora. Eis aí um bom exercício para o progresso.

Contatos

  • Rua Tomáz Antonio Gonzaga, 305
    Bairro São José - Pouso Alegre - MG
  • (35) 99220 - 8388