A inveja

por Equipe CEVS em . Publicado em Orson Peter Carrara.

Orson - InvejaOrson Peter Carrara

            A inveja é a arma dos fracos. Matriz de inúmeros males, mentora de muitas desordens, alicerce de incontáveis desventuras. Discreta, incomodamente, tem sido deixada à margem pelos expositores das verdades evangélicas em todas as crenças. Sutil como é, passa despercebida, embora maliciosa, comparável a vapor deletério que intoxica todo aquele que lhe padece a presença, espalhando miasma em derredor.

Patente realidade

por Equipe CEVS em . Publicado em Orson Peter Carrara.

JesusOrson Peter Carrara

 

Reconheçamos com lealdade a nobreza dos princípios morais apresentados por Jesus de Nazaré à humanidade, fazendo-se portador da mensagem viva do Evangelho. Seus ensinos e orientações significam lúcida orientação de vida para que nos libertemos das ilusões mundanas e das graves quedas nos precipícios de nossas imperfeições morais.

Luz do mundo e modelo exato para a felicidade real da moralidade, sua presença e grandeza significam – além de conforto moral próprio – roteiro de alegrias e perene felicidade diante dos desafios da vida humana e complexos desafios evolutivos.

MEDICINA PIONEIRA

por Equipe CEVS em . Publicado em Richard Simonetti.

Richard - MedicinaRichard Simonetti
Livro.: Para Viver a Grande Mensagem – FEB

 

– Ah!… Doutor!… Eu queria tanto ter saúde, a fim de ser um pou­quinho feliz!… ­– suspirava aquela senhora que se habituara a percorrer os consultórios médicos, presa de distúrbios diversos.

– Minha filha – responde bondosamente o experiente facultativo –, este é o erro de toda gente, porque não se trata de procurarmos ter saúde para sermos felizes, e sim de procurarmos ser felizes para termos saúde. Somente as pessoas em paz com a existência, que guardam a euforia de viver, desfrutam o equilíbrio físico e mental que todos almejamos.

 

AOS DISCÍPULOS

por Equipe CEVS em . Publicado em Estudando Espiritismo.

Hoje em dia encontramos dificuldades idênticas às encontradas na época do Cristianismo primitivo. Os interesses econômicos, a política e o poder são o grande atrativo para enorme maioria da população, independente de qual classe social esteja.

A marcha pelo caminho do Bem é lenta e gradativa. Nos esforços cotidianos de superarmos nossas más tendências é que vamos abandonando nosso primitivismo antigo e desatando as amarras que nos prendem ao materialismo e ao orgulho. Esta jornada é difícil, de superação e esforços, de provas e muito trabalho, de disciplina e ação. Por ser trabalhosa, muitos ainda se prendem às fantasias da opulência e do poder, desinteressando-se pelo que é verdadeiro e imortal, apegando-se excessivamente às facilidades e à opulência, desprezando a oportunidade redentora do trabalho e da melhoria interior.

Nas palavras sábias de Emmanuel veremos uma alusão a esses fatos e a certeza da grande e demorada luta que travamos através do tempo para nos desvencilharmos das imperfeições que teimamos em não deixar para trás.

Centro Espírita Vinhas do Senhor
Pouso Alegre/MG, 16 de dezembro de 2014.

Contatos

  • Rua Tomáz Antonio Gonzaga, 305
    Bairro São José - Pouso Alegre - MG
  • (35) 99220 - 8388