A TERRA – NOSSA ESCOLA

por Valdenir em . Publicado em Mensagens - Emmanuel.

Terra

Pelo Espírito Emmanuel.

 Psicografia de Francisco Cândido Xavier.

Livro: Família. Lição nº 22. Página 138.

 Contempla a beleza da Terra – a nossa Escola – para que o pessimismo não te obscureça a estrada, anulando-te o tempo na regeneração do destino.

Não será fazer lirismo inoperante, mas sim descerrar os olhos no painel das realidades objetivas.

Pensa no Sol que é luz infatigável;

No céu a constelar-se em turbilhões de estrelas, novas pátrias de luz exaltando a esperança;

Na fonte que se entrega, mitigando-te a sede;

Na árvore generosa a proteger-te os passos;

Na semente minúscula abrindo-se em flor e pão;

No lar aconchegante a guardar-te, promissor…

Tudo no altar da natureza é prazer de auxiliar e privilégio de servir.

Entretanto, muitas vezes, trazemos em nós próprios, tristeza e crueldade por tóxicos do caminho…

EM NOSSAS MÃOS

por Valdenir em . Publicado em Mensagens - Emmanuel.

Mãos

Pelo Espírito Emmanuel.

Psicografia de Francisco Cândido Xavier.

Livro: Ceifa de Luz. Lição nº 26. Página 95.

 

“Venha a nós o teu reino; seja feita a tua vontade, assim na terra como nos céus”. Jesus. Mateus, 6:10.

Convence-te de que as Leis da Divina Sabedoria não se enganariam.

Situando-te na Terra, por tempo determinado, com vistas ao próprio burilamento que te cabe realizar, trazes contigo as faculdades que o Senhor te concedeu por instrumentos de trabalho.

Encontras-te no lugar certo em que te habilitas a desempenhar os encargos próprios.

A MÁQUINA DIVINA

por Valdenir em . Publicado em Mensagens - Emmanuel.

Ser Humano

Pelo Espírito Emmanuel.

Psicografia de Francisco Cândido Xavier.

Livro: Nosso Livro. Lição nº 19. Página 49.

 

Meu amigo,

O corpo físico é a maquina divina que o Senhor nos empresta para a confecção de nossa felicidade na Terra.

Os vizinhos do bruto precipitam-na ao sorvedouro da animalidade.

Os maus empregam-na criando o sofrimento dos semelhantes.

Os egoístas valem-se dela para esgotarem a taça de prazeres fictícios.

Os orgulhosos isolam-na sem proveito.

Os vaidosos cobrem-na de adornos efêmeros para reclamarem o incenso da multidão.

Os intemperantes destroem-na.

NA HORA DA CARIDADE

por Valdenir em . Publicado em Mensagens - Emmanuel.

Caridade 2

Pelo Espírito Emmanuel.

Psicografia de Francisco Cândido Xavier.

Livro: Coragem. Lição nº 09. Página 31.

 Não te furtarás ao serviço de emenda e nem recusarás a constrangedora obrigação de restaurar a realidade, mas unge o coração de brandura para corrigir abençoando e orientar construindo!…

A dificuldade do próximo é intimação à beneficência, entanto, assim, como é preciso condimentar de amor o pão que se dá para que ele não amargue a boca que o recebe, é indispensável também temperar de misericórdia o ensinamento que se ministra para que a palavra esclarecedora não perturbe o ouvido que o recolhe.

NA GRANDE ESCOLA

por Valdenir em . Publicado em Mensagens - Emmanuel.

TERRA ESCOLA DOS ESPÍRITOS

Pelo Espírito Emmanuel.

Psicografia de Francisco Cândido Xavier.

Livro: Taça de Luz. Lição nº 19. Página 61.

Psicografia em Reunião Pública, em 01.08.1952, no Centro Espírita Luiz Gonzaga, na cidade de Pedro Leopoldo, Minas Gerais.

 

A Terra é uma grande e abençoada escola, em cujas classes e cursos, nos matriculamos, solicitando – quando já possuímos a graça do conhecimento – as lições necessárias à nossa sublimação.

Todas as matérias que constituem o patrimônio do educandário, se aproveitadas por nossa alma, podem conduzir-nos aos resultados que nos propomos atingir.

Não existe, porém, ensinamento gratuito para a comunidade dos aprendizes.

NO CAMPO DA VIDA

por Valdenir em . Publicado em Mensagens - Emmanuel.

Campo

Pelo Espírito Emmanuel.

 Psicografia de Francisco Cândido Xavier.

Livro: Reconforto. Lição nº 08. Página 56.

 

Se o Evangelho nos ensina que a árvore é conhecida por seus frutos, transformemos cada dia em planta preciosa de nossa oportunidade.

Para isso, meus irmãos, cada noite, indaguemos sobre o resultado de nossas horas.

Que frutos recolhemos de nossas conversações?

Que benefícios semeamos no espírito dos nossos semelhantes?

Que atitudes assumimos para com os nossos amigos?

Quantas vezes esquecemos o mal desculpando-lhes os portadores sinceramente?

Que serviços foram efetuados por nossas mãos?

Teremos sido uma presença proveitosa para quem nos segue?

CONSTRUÇÃO ÍNTIMA

por Valdenir em . Publicado em Mensagens - Emmanuel.

Reforma

Pelo Espírito Emmanuel.

Psicografia de Francisco Cândido Xavier.

Livro: Hora Certa. Lição nº 14. Página 59.

 

Se procuras felicidade na Terra, não olvides o mundo de ti mesmo.

Começa por admitir que és um espírito imortal, usufruindo transitoriamente um corpo perecível, mas com a obrigação de tratá-lo, convenientemente, à feição do motorista consciencioso que conduz o próprio carro com equilíbrio e prudência, protegendo-lhe as peças.

Por mais amplo te pareça o fascínio da rebeldia, considera que a tranquilidade não te resguardará a existência, sem o clima do dever cumprido.

Conquanto atendendo, como é natural, às exigências dos encargos que desempenhas, não te prendas a posses, especialmente aquelas que se te façam claramente desnecessárias.

REEDUCANDOS

por Valdenir em . Publicado em Mensagens - Emmanuel.

Educação

Pelo Espírito Emmanuel.

Psicografia de Francisco Cândido Xavier.

Livro: Hora Certa. Lição nº 15. Página 63.

 Os nossos irmãos reeducandos, residentes em setores de segregação construtiva, não se encontram sozinhos.

Em todos os lugares de Terra, surpreendemos os sentenciados de variada espécie, dentre os quais se destacam:

– os presidiários retidos em provações de longo curso;

– os emparedados no remorso que carregam o peso de culpas inconfessadas;

– os detentos da rebeldia, que não se satisfazem com os recursos que a vida lhes coloca nas mãos;

– os encarcerados em sofrimentos claramente voluntários que recusam qualquer saída para a luz do espírito;

– os prisioneiros da inconformação que não aceitam as diretrizes do trabalho para o bem, que se lhes oferece por terapêutica de libertação;

– os encadeados na angústia que se acham isolados nas celas de reflexão que se lhes fazem necessárias ao próprio burilamento.

Diante de companheiros considerados delinqüentes abstém-te de condená-los.

Todos nós, espíritos em evolução na Terra, somos os viajores dos milênios e estamos ainda em processo regenerativo, à vista das imperfeições que nos marcam o espírito.

E se pudéssemos rasgar o peito, à frente de nossos interlocutores e companheiros do cotidiano, certamente que eles todos conseguiriam ler este letreiro, gravado a fogo e lágrimas, em nossos corações: – “Compadece-te de mim!…”

 

ESPIRITISMO EXPLICANDO

por Valdenir em . Publicado em Mensagens - Emmanuel.

Espiritismo 2

Pelo Espírito Emmanuel.

Psicografia de Francisco Cândido Xavier.

Livro: Justiça Divina. Lição nº 05. Página 25.

Reunião pública de 03-02-1961.

 Indagavas quanto ao Grande Porvir. A Doutrina Espírita sossegou-te as ânsias, explicando que te encontras provisoriamente no mundo, a serviço do próprio burilamento, para a imortalidade vitoriosa.

Perguntavas sobre os amargos desajustes entre corpo e alma, quando a enfermidade ou a mutilação aparece. A Doutrina Espírita asserenou-te a aflitiva contenda íntima, explicando que a individualidade eterna se utiliza, temporariamente, de um corpo imperfeito, como alguém que se vale de instrumento determinado para determinada tarefa de corrigenda a si mesmo.

NOS GRANDES MOMENTOS

por Valdenir em . Publicado em Mensagens - Emmanuel.

Gólgota

Pelo Espírito Emmanuel. Psicografia de Francisco Cândido Xavier.

Livro: Trilha de Luz. Lição nº 19. Página 87.

 “E todos os seus conhecidos e as mulheres que juntamente o haviam seguido desde a Galiléia, estavam de longe, vendo estas coisas”. Lucas, 23:49

A solidão de Jesus no Calvário é uma lição viva aos discípulos do Evangelho, em todos os tempos.

Quase sempre os aprendizes procuram impor ao próximo o seu modo de sentir.

Às vezes, quando menos avisados, raiam pela imprudência, ansiosos da renovação imediata de amigos, conhecidos, familiares. Suas atividades se convertem num conjunto de inquietações indevidas.

Andam esquecidos de que cada um será compelido ao testemunho nos grandes momentos. E, quando chegado o ensejo, devem contar, acima de tudo, com Deus e consigo próprios.

Contatos

  • Rua Tomáz Antonio Gonzaga, 305
    Bairro São José - Pouso Alegre - MG
  • (35) 3422 - 0768