CONSIDERAÇÕES

por Valdenir em . Publicado em Mensagens - Emmanuel.

Evangelho2

Pelo Espírito Emmanuel.

Psicografia de Francisco Cândido Xavier.

Livro: Escrínio de Luz. Lição nº 05. Página 13.

 

Devemos guardar o Evangelho na cabeça? Sim, porque precisamos orientar o pensamento para o bem.

Cabe-nos a obrigação de imprimir o Evangelho nos olhos? Sim, porque é indispensável permaneça a nossa visão identificada com o ensinamento divino, que transparece de todos os lugares.

Compete-nos conservar o Evangelho nos ouvidos? Sim, porque é imprescindível registrar a mensagem de bondade que o Alto nos reserva, em todas as particularidades da senda a percorrer.

É imperioso guardar o Evangelho nas mãos? Sim, porque nossos braços são os instrumentos com os quais criaremos o mundo de nossas boas obras, na direção do Paraíso.

O SANTUÁRIO SUBLIME

por Valdenir em . Publicado em Mensagens - Emmanuel.

Corpo humano

Pelo Espírito Emmanuel.

Psicografia de Francisco Cândido Xavier.

Livro: Roteiro. Lição nº 03. Página 19.

 Noutro tempo, as nações admiravam como maravilhas o Colosso de Rodes, os Jardins Suspensos da Babilônia, o Túmulo de Mausolo, e, hoje, não há quem fuja ao assombro, diante das obras surpreendentes da engenharia moderna, quais sejam a Catedral de Milão, a Torre Eiffel ou os arranha-céus de Nova Iorque.

Raros estudiosos, no entanto, se recordam dos prodígios do Corpo Humano, realização paciente da Sabedoria Divina, nos milênios, templo da alma, em temporário aprendizado na Terra.

Por mais se nos agigante a inteligência, até agora não conseguimos explicar, em toda a sua harmoniosa complexidade, o milagre do cérebro, com o coeficiente de bilhões de células; o aparelho elétrico do sistema nervoso, com os gânglios à maneira de interruptores e células sensíveis por receptores em circuito especializado, com os neurônios sensitivos, motores e intermediários, que ajudam a graduar as impressões necessárias ao progresso da mente encarnada, dando passagem à corrente nervosa, com a velocidade aproximada de setenta metros por segundo; a câmara ocular, onde as imagens viajam, da retina para os recônditos do cérebro, em cuja intimidade se incorporam às telas da memória, como patrimônio inalienável do espírito; o parque da audição, com os seus complicados recursos para o registro dos sons e para a fixação deles nos recessos da alma, que seleciona ruídos e palavras, definindo-os e catalogando-os na situação e no conceito que lhes são próprios; o centro da fala; a sede miraculosa do gosto, nas papilas da língua, com um potencial de corpúsculos gustativos que ultrapassa o número de 2.000; as admiráveis revelações do esqueleto ósseo; as fibras musculares; o aparelho digestivo; o tubo intestinal; o motor do coração; a fábrica de sucos do fígado; o vaso de fermentos do pâncreas; o caprichoso sistema sangüíneo, com os seus milhões de vidas microscópicas e com as suas artérias vigorosas, que suportam a pressão de várias atmosferas; o avançado laboratório dos pulmões; o precioso serviço de seleção dos rins; a epiderme com os seus segredos dificilmente abordáveis; os órgãos veneráveis da atividade genésica e os fulcros elétricos e magnéticos das glândulas no sistema endocrínico.

FÉ EM DEUS

por Valdenir em . Publicado em Mensagens - Emmanuel.

Allan-Kardec009

Pelo Espírito Emmanuel.

Psicografia de Francisco Cândido Xavier.

Livro: Opinião Espírita. Lição nº 58. Página 188.

 A Gênese – Capítulo II – Item 7

 

Antes de Jesus, profetas e guerreiros asseveravam agir em nome da fé em Deus.

Moisés, conquanto venerável pela fidelidade e pela justiça, não hesitava na aplicação da ira, admitindo representá-lo.

Josué presumia proclamar-lhe a grandeza com bandeiras sanguinolentas, ao submeter populações inermes, além do Jordão.

David supunha dignificá-lo, quando conquistou a montanha de Sião, à custa do pranto das viúvas e dos órfãos.

Salomão acreditava reverenciá-lo, ao consumir a existência de numerosos servidores, amontoando madeiras e metais preciosos na construção do templo famoso que lhe guardou a memória.

E todos nós, em várias reencarnações, temos pretendido honorificar a fé em Deus, fomentando guerras e espoliando os semelhantes, através das crises de fanatismo e das orgias de ouro.

A TERRA – NOSSA ESCOLA

por Valdenir em . Publicado em Mensagens - Emmanuel.

Terra

Pelo Espírito Emmanuel.

 Psicografia de Francisco Cândido Xavier.

Livro: Família. Lição nº 22. Página 138.

 Contempla a beleza da Terra – a nossa Escola – para que o pessimismo não te obscureça a estrada, anulando-te o tempo na regeneração do destino.

Não será fazer lirismo inoperante, mas sim descerrar os olhos no painel das realidades objetivas.

Pensa no Sol que é luz infatigável;

No céu a constelar-se em turbilhões de estrelas, novas pátrias de luz exaltando a esperança;

Na fonte que se entrega, mitigando-te a sede;

Na árvore generosa a proteger-te os passos;

Na semente minúscula abrindo-se em flor e pão;

No lar aconchegante a guardar-te, promissor…

Tudo no altar da natureza é prazer de auxiliar e privilégio de servir.

Entretanto, muitas vezes, trazemos em nós próprios, tristeza e crueldade por tóxicos do caminho…

EM NOSSAS MÃOS

por Valdenir em . Publicado em Mensagens - Emmanuel.

Mãos

Pelo Espírito Emmanuel.

Psicografia de Francisco Cândido Xavier.

Livro: Ceifa de Luz. Lição nº 26. Página 95.

 

“Venha a nós o teu reino; seja feita a tua vontade, assim na terra como nos céus”. Jesus. Mateus, 6:10.

Convence-te de que as Leis da Divina Sabedoria não se enganariam.

Situando-te na Terra, por tempo determinado, com vistas ao próprio burilamento que te cabe realizar, trazes contigo as faculdades que o Senhor te concedeu por instrumentos de trabalho.

Encontras-te no lugar certo em que te habilitas a desempenhar os encargos próprios.

A MÁQUINA DIVINA

por Valdenir em . Publicado em Mensagens - Emmanuel.

Ser Humano

Pelo Espírito Emmanuel.

Psicografia de Francisco Cândido Xavier.

Livro: Nosso Livro. Lição nº 19. Página 49.

 

Meu amigo,

O corpo físico é a maquina divina que o Senhor nos empresta para a confecção de nossa felicidade na Terra.

Os vizinhos do bruto precipitam-na ao sorvedouro da animalidade.

Os maus empregam-na criando o sofrimento dos semelhantes.

Os egoístas valem-se dela para esgotarem a taça de prazeres fictícios.

Os orgulhosos isolam-na sem proveito.

Os vaidosos cobrem-na de adornos efêmeros para reclamarem o incenso da multidão.

Os intemperantes destroem-na.

NA HORA DA CARIDADE

por Valdenir em . Publicado em Mensagens - Emmanuel.

Caridade 2

Pelo Espírito Emmanuel.

Psicografia de Francisco Cândido Xavier.

Livro: Coragem. Lição nº 09. Página 31.

 Não te furtarás ao serviço de emenda e nem recusarás a constrangedora obrigação de restaurar a realidade, mas unge o coração de brandura para corrigir abençoando e orientar construindo!…

A dificuldade do próximo é intimação à beneficência, entanto, assim, como é preciso condimentar de amor o pão que se dá para que ele não amargue a boca que o recebe, é indispensável também temperar de misericórdia o ensinamento que se ministra para que a palavra esclarecedora não perturbe o ouvido que o recolhe.

NA GRANDE ESCOLA

por Valdenir em . Publicado em Mensagens - Emmanuel.

TERRA ESCOLA DOS ESPÍRITOS

Pelo Espírito Emmanuel.

Psicografia de Francisco Cândido Xavier.

Livro: Taça de Luz. Lição nº 19. Página 61.

Psicografia em Reunião Pública, em 01.08.1952, no Centro Espírita Luiz Gonzaga, na cidade de Pedro Leopoldo, Minas Gerais.

 

A Terra é uma grande e abençoada escola, em cujas classes e cursos, nos matriculamos, solicitando – quando já possuímos a graça do conhecimento – as lições necessárias à nossa sublimação.

Todas as matérias que constituem o patrimônio do educandário, se aproveitadas por nossa alma, podem conduzir-nos aos resultados que nos propomos atingir.

Não existe, porém, ensinamento gratuito para a comunidade dos aprendizes.

NO CAMPO DA VIDA

por Valdenir em . Publicado em Mensagens - Emmanuel.

Campo

Pelo Espírito Emmanuel.

 Psicografia de Francisco Cândido Xavier.

Livro: Reconforto. Lição nº 08. Página 56.

 

Se o Evangelho nos ensina que a árvore é conhecida por seus frutos, transformemos cada dia em planta preciosa de nossa oportunidade.

Para isso, meus irmãos, cada noite, indaguemos sobre o resultado de nossas horas.

Que frutos recolhemos de nossas conversações?

Que benefícios semeamos no espírito dos nossos semelhantes?

Que atitudes assumimos para com os nossos amigos?

Quantas vezes esquecemos o mal desculpando-lhes os portadores sinceramente?

Que serviços foram efetuados por nossas mãos?

Teremos sido uma presença proveitosa para quem nos segue?

CONSTRUÇÃO ÍNTIMA

por Valdenir em . Publicado em Mensagens - Emmanuel.

Reforma

Pelo Espírito Emmanuel.

Psicografia de Francisco Cândido Xavier.

Livro: Hora Certa. Lição nº 14. Página 59.

 

Se procuras felicidade na Terra, não olvides o mundo de ti mesmo.

Começa por admitir que és um espírito imortal, usufruindo transitoriamente um corpo perecível, mas com a obrigação de tratá-lo, convenientemente, à feição do motorista consciencioso que conduz o próprio carro com equilíbrio e prudência, protegendo-lhe as peças.

Por mais amplo te pareça o fascínio da rebeldia, considera que a tranquilidade não te resguardará a existência, sem o clima do dever cumprido.

Conquanto atendendo, como é natural, às exigências dos encargos que desempenhas, não te prendas a posses, especialmente aquelas que se te façam claramente desnecessárias.

Contatos

  • Rua Tomáz Antonio Gonzaga, 305
    Bairro São José - Pouso Alegre - MG
  • (35) 3422 - 0768